Souvenirs

Nesses 6 anos de viagens, o que mais colecionei foi souvenirs. E, chegou a um nível que eles tomaram conta da minha casa. Eles estão por todas as partes, do banheiro à sacada. Em cada canto tem um que me faz lembrar de algum lugar do mundo que estive E, mesmo que não tenha espaço para aumentar a coleção, quando eu vejo uma souvenir novo, algo que não tinha visto antes, me dá uma vontade de comprá-lo. Muitas vezes não resisto.

Inglaterra

Inglaterra – Esse soldadinho me acompanha há alguns anos. Marca a minha primeira ida a Londres.

 

Elefantes da Índia - falam por aí que é bom te-los virados de bundinha para a porta. Traz boa sorte. Tenho dois que vieram da Índia e um que veio da África. Que me tragam muita sorte, por favor!

Elefantes da Índia – falam por aí que é bom tê-los virados de bundinha para a porta. Traz boa sorte. Tenho dois que vieram da Índia e um que veio da África. Que me tragam muita sorte, por favor!

E para garantir uma sorte maior, tenho esse camelinho, de Dubai mesmo. Quem disse que não é bom ter uma lembrancinha da terra que nos acolhe? Ou melhor, das areias...

E, para garantir uma sorte maior, tenho esse camelinho, de Dubai mesmo. Quem disse que não é bom ter uma lembrancinha da terra que nos acolhe? Ou melhor, das areias…

São Francisco, Estados Unidos. O melhor foi andar nesse bondinho em tamanho real. Parecia cena de filme, para mim.

São Francisco, Estados Unidos. O melhor foi andar nesse bondinho em tamanho real. Parecia cena de filme, para mim.

Pequenas casas de Praga. Essas casinhas são um mimo. Quando se coloca uma vela dentro, as janelas e portas ficam iluminadas. Vontade de morar dentro!

Pequenas casas de Praga. Essas casinhas são um mimo. Quando se coloca uma vela dentro, as janelas e portas ficam iluminadas. Vontade de morar ali dentro!

Tunísia.

Tunísia.

Portugal - se posse possível, gostaria de usar esses azulejos para cobrir a cozinha inteira. Mas, por enquanto, só tenho esses.

Portugal – se fosse possível, gostaria de usar esses azulejos para cobrir a cozinha inteira. Mas, por enquanto, só tenho esses.

Azulejos que retratam as portas na Tunísia. E, caminhando pelas ruas de Tunis, podemos encontrar muitas dessas portas, uma mais linda do que a outra.

Azulejos que retratam as portas na Tunísia. E, caminhando pelas ruas de Tunis, podemos encontrar muitas dessas portas, uma mais linda do que a outra.

Tailândia - esse potinho maravilhoso eu ganhei de presente de um grande amigo. Lembra a pintura do Grand Palace em Bangkok. Essa peça fica em destaque na casa, ao lado da TV na sala de estar.

Tailândia – esse potinho maravilhoso eu ganhei de presente de um grande amigo. Lembra a pintura do Grand Palace em Bangkok. Essa peça fica em destaque na casa, ao lado da TV na sala de estar.

E a geladeira, então? Eu brinco com o Gustavo, que não juntamos as escovas de dentes, mas sim, nossos souvenirs.

E a geladeira, então? Eu brinco com o Gustavo (meu namorado), que não juntamos as escovas de dentes, mas sim, nossos souvenirs.

E na porta da geladeira, muitos países moram um ao ladinho do outro, em perfeita harmonia. Como Amsterdam com Nova Petrópolis.

E na porta da geladeira, muitos países moram um ao ladinho do outro, em perfeita harmonia. Como Amsterdam com Nova Petrópolis.

Madrid x Bueno Aires. Muy bien!

Madrid x Bueno Aires. Muy bien!

E, para espantar o tal do olho gordo (risos), um belo amuleto que veio direto de Istanbul, Turquia.

E, para espantar o tal do olho gordo (risos), um belo amuleto que veio direto de Istanbul, Turquia.

Lavandas dos campos de Provence, França - para garantir o cheirinho bom no nosso lar.

Lavandas dos campos de Provence, França – para garantir o cheirinho bom no nosso lar.

Tem souvenir que serve de guardião de bilhetinho de amor. Como esse que a nossa querida Gabriela, irmã do Gustavo, nos deixou.

Tem souvenir que serve de guardião de bilhetinho de amor. Como esse que a nossa querida Gabriela, irmã do Gustavo, nos deixou.

Esse eu tenho um carinho especial. Eu amo os quadros do Gustav Klint. Em especial este, o Beijo. Ele pode ser visto ao vivo e a cores em Vienna, Áustria.

Esse eu tenho um carinho especial. Eu amo os quadros do Gustav Klint. Em especial este, o Beijo. Ele pode ser visto ao vivo e a cores em Vienna, Áustria.

Portanto, se pudesse moraria em uma casa igual as de Praga, com uma cozinha revestida por azulejos de Portugal e da Tunísia. Na sala, quadros de Gustav Klint, com potes da Tailândia. No jardim, muitas flores, tulipas da Holanda, hortênsias de Nova Petrópolis e, bom, se é para usar a imaginação aqui, um campo de lavandas, como os da região de Provence, França. O meio de transporte? Um bonde de São Francisco, puxado por elefantes da India, ou camelos de Dubai? Ainda estou na dúvida. Um olho turco na porta, para garantir a proteção, assim como um soldado da Inglaterra. Pronto, a minha casa dos sonhos está aí.

 

 

Anúncios

7 thoughts on “Souvenirs

  1. Ivana diz:

    Deby querida, que maravilhoso o seu blog assim como suas fotos que sempre admirei, desde o Orkut, se o Alzheimer não me enganou. Lendo suas histórias, consigo me sentir um pouco mais próxima de você, amiga que viaja por um mundo distante, mas que está sempre perto do meu coração. Parabéns e grande beijo.

  2. Lúcia Bizzotto de Oliveira diz:

    Lindos! Parabéns, que nunca falte espaço na tua casa para mimos tão preciosos e, se faltar, muda para uma casa maior! Bjão e saudades.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s