Botas

Minha vida é uma viagem constante. Mas viajar demais incha os pés. Durante o voo eu não tenho muitas opções. Ainda mais na primeira classe, já pensou eu servindo um belo caviar, com os pés descalços? Às vezes, escondida na galley eu tiro os meus sapatinhos, que não são de cristal. Aquela sensação de alívio por alguns minutos.

Um dia desses, eu estava operando um voo de Houston para Dubai. Uma pequena jornada de 16 horas de voo non stop. Embarcou o Mr. Ted, um texano típico, cowboy mesmo. Botas de couro, chapéu de rodeio, camisa xadrez, cinto com uma fivela que cobria quase que sua barriga inteira, e dentes de ouro. O Mr. Ted era digno de um papel principal de um filme americano sobre cowboys. E o sotaque do Texas, então? Confesso que toda vez que ele abria a boca para falar comigo, concentrava-me nos dentes, sendo assim, entendia somente 50% do que dizia. (risos)

Nao e o Mr

Não é o Mr. Ted, mas poderiam ser seus amigos de rodeio. (risos)

Após a decolagem eu fui oferecer as muitas coisinhas que são dadas aos passageiros de tal classe: pijamas, tapa olho, necessaire, chinelos de pano macios e fofinhos.

3078482_a99c8974-7f20-11e3-a645-7bd54908a8c2

Quando eu viajo como passageira, tenho o hábito de carregar chinelos de hotel. Obviamente que o meu bolso não permite que eu viaje de primeira classe, desta forma, trago os meus, para encarar as jornadas com mais conforto.

Mr. Ted recusou tudo. Disse que dormiria de roupas mesmo, e que não iria tirar as botas por nem um minuto. Informou que os pés inchavam muito, e depois não conseguiria colocar os pisantes novamente. Compreendi, mas mesmo assim salientei que o voo duraria 16 horas, que talvez quisesse dormir em sua cama da primeira classe mais confortavelmente. (Sim, a poltrona da primeira classe vira uma cama ).

628x471

Conforto garantido. E há aviões que oferecem serviços de Spa durante o voo. Imagina que maravilha, sair da sua suite de primeira classe e tomar um banho. A certeza de chegar bem no seu destino.

Mas nao teve jeito, o Mr. Ted argumentou que se ele tirasse as botas teria que desembarcar usando os chinelinhos macios e fofinhos. Algo que não condizia com seu jeito texano de ser.

E, dormiu de botas.

 

Anúncios

4 thoughts on “Botas

  1. O gato de botas! rsrsrrsrs…adorei, querida. Que história bacana e muito, muito bem escrita, parabéns! A gente fica lendo e imaginando a cena…isso é o mais interessante! Beijos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s